Saltar al contenido

A Comissão Nacional dos Diáconos (CND) divulgou na quinta-feira, 16 de janeiro, uma nota em apoio ao Papa Francisco. No texto, a Comissão afirma que “vem neste momento renovar e testemunhar a obediência incondicional ao Sumo Pontífice, o Papa Francisco, legítimo sucessor de Pedro”, diz um trecho.

Confira, abaixo, a nota na íntegra:

Como Presidência da Comissão Nacional dos Diáconos (CND), estamos acompanhando nos últimos tempos, através da mídia, em especial das chamadas “Redes Sociais”, uma campanha difamatória contra o Pastor da Igreja, o querido Papa Francisco. Essa campanha envolve clérigos e leigos, que se intitulam “guardiões da fé” exigindo, entre outras coisas, a renúncia do Sumo Pontífice, que não estaria agradando esse grupo de “cristãos”.

A Unidade da Igreja é primordial, em especial nestes momentos difíceis que o mundo atravessa. As chamadas “fake News” têm sido usadas indiscriminadamente procurando afetar a pessoa do Papa Francisco e a unidade da Igreja Católica.

A Comissão Nacional dos Diáconos do Brasil (CND), vem neste momento renovar e testemunhar nossa obediência incondicional ao Sumo Pontífice, o Papa Francisco, legítimo sucessor de Pedro. Suplicamos ao Bom Deus e a Virgem Maria que o fortaleça na fé, na esperança e caridade. Unamo-nos, firmemente, ao Papa Francisco em nossas preces!h
Ao Papa, o fraternal abraço!

Manaus, 16 de janeiro de 2020

CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Por J-12-M

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *